fbpx
Fonte: pixabay

Ao ler notícias sobre a Coreia do Norte é comum a curiosidade para saber o que há por trás da tão fechada nação, regida por uma ditadura comunista desde os anos 40. Mas, ao contrário do que se pode imaginar, o turismo na República Popular Democrática da Coreia não é tão difícil assim e um dos seus principais caminhos é por sua capital, Pyongyang.

Quer saber mais sobre a cidade de Pyongyang e o que ela pode revelar sobre a cultura norte-coreana? Confira abaixo o artigo da Mala e Cuia onde falamos um pouco mais sobre a história da capital e alguns dos principais pontos turísticos para visitar durante a viagem!

Um pouco da história de Pyongyang

Pyongyang, que em português pode ser traduzido como “terra pacífica”, é o nome da maior cidade da Coreia de Norte e capital do país. Fundada em 1122 a.C., a cidade ao longo da história esteve em meio a conflitos no território asiático, chegando a ser de domínio japonês. Durante a Primeira Guerra Sino-Japonesa, grande parte da cidade foi destruída, sendo reconstruída anos mais tarde com a ajuda da União Soviética.

É justamente essa influência soviética que deu rosto a boa parte da arquitetura da cidade, que tem construções inspiradas no estilo da arquitetura Stalinista. Hoje, Pyongyang é o cartão-postal do regime norte-coreano e é onde mora a elite do país, motivo pelo qual a cidade é repleta de luxo, tecnologia e modernidade – um cenário contrastante com o restante do seu território.

Para ajudar você a enxergar melhor as possibilidades de turismo na capital da Coreia do Norte, separamos alguns dos pontos turísticos mais populares de Pyongyang. Confira!

6 pontos turísticos para visitar em Pyongyang

1 – Hotel Ryugyong

Hotel Ryugyong em Pyongyang
Pinterest

Conhecido como Construção 105, o Hotel Ryugyong é um imponente arranha-céu de 105 andares em formato semelhante a uma pirâmide. A construção do edifício começou em 1987 e está abandonada desde 2013, o que se tornou um tabu na região, mas é verdadeiramente impossível ignorar esse belíssimo destaque na paisagem de Pyongyang.

2 – Metrô de Pyongyang

Metrô de Pyongyang
Pinterest

Já pensou em pegar um trem na estação mais profunda do mundo? Isso só é possível em Pyongyang. Com 110 metros de profundidade e duas linhas, o sistema de metrô foi construído em 1968, sendo rodeado de mistérios, já que seu acesso é restrito em alguns pontos aos visitantes.

3 – Palácio do Sol de Kumsusan

Palácio do Sol de Kumsusan
Pinterest

O Palácio do Sol de Kumsusan, também conhecido como Palácio Memorial de Kumsusan ou Mausoléu de Kim Il-sung, é o local onde são enterrados os governantes do país. Fundado inicialmente para ser a residência oficial do presidente Kim Il-sung, foi transformado em mausoléu após a sua morte e abriga os restos mortais do governante e de seu filho e sucessor, Kim Jong-il.

4 – Torre Juche

Torre Juche
Pinterest

A Torre da Ideologia Juche ou somente Torre Juche, é um monumento situado às margens do rio Taedong, em frente à praça Kim II-Sung. A torre de 170 metros foi feita em granito e bronze em homenagem ao aniversário de 70 anos do fundador do país, sendo um importante cartão-postal da cidade.

5 – Arco do Triunfo

Maior Arco do Triunfo do Mundo
Pinterest

Outro monumento em homenagem a Kim Il-sung é o Arco do Triunfo, que foi construído em 1982 para enaltecer o papel do líder norte-coreano durante a Segunda Guerra Mundial. É conhecido por ser o maior arco do triunfo do mundo, com 60 metros de altura.

6 – Grande Monumento da Colina Mansu

Grande Monumento da Colina Mansu
Pinterest

O Mansudae ou Grande Monumento da Colina Mansu, é uma obra em homenagem aos grandes líderes do país, Kim Il-sung e Kim Jong-il. O monumento fica dentro do complexo de jardins da Colina Mansu, sendo possível visitar diversos outros pontos turísticos dali, como a Fonte Mansudae, a Casa de Estudos do Povo e o Museu da Revolução Coreana.

E então, gostou de saber mais sobre as possibilidades de turismo em Pyongyang? Agora, é só você programar a sua viagem! Mas tenha em mente que para visitar o país é importante ter a documentação necessária e conhecer todas as regras de visitação (que são muitas). Uma delas é que só é possível percorrer a cidade com auxílio de um guia. Se quiser mais dicas para essa e outras viagens, entre em contato com a Mala e Cuia. Ficaremos felizes em ajudar você!


Coreia do Norte e do Sul

Confira todos os detalhes do pacote (valores, datas, hotéis, serviços, etc).

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese