fbpx
mapa de viagem
Fonte: Ritual Oficial

O Imposto sobre Operações Financeiras, o famoso IOF, é uma contribuição pecuniária cobrada sobre operações de câmbio, crédito e seguridade. Contudo, essa taxa não é fixa, sendo variável conforme a operação efetuada com a moeda estrangeira.

No caso do câmbio, por exemplo, para quem deseja viajar de férias para fora do país e considera imprescindível a compra da moeda usada no lugar que está indo conhecer, também precisa pagar IOF sobre o montante na hora da troca.

Mas, afinal, como o IOF influencia a sua viagem? Pois bem, essa é uma pergunta bem importante já que o Imposto sobre Operações Financeiras pode influenciar praticamente sua viagem inteira! Que tal descobrir mais informações a respeito? Então, continue lendo!

As duas alíquotas do IOF

Para entender melhor como funciona o IOF, vamos explicar sobre as alíquotas que existem nesse imposto. De maneira geral, para aproveitar a viagem para o exterior da melhor maneira possível, os turistas costumam usar cartões de crédito ou dinheiro em espécie para pagar diversas despesas do passeio.

Contudo, o que muitas pessoas não sabem é que existe uma grande diferença de alíquotas entre essas duas opções. No caso do cartão de crédito, o valor da porcentagem para o uso do cartão fora do país, seja para saques ou compras, é de 6,38%!

Entretanto, se comprar a moeda do país de destino antes de sair do Brasil, você vai pagar a alíquota de um pouco mais de 1%. Por sair mais barato, muitas pessoas optam por partir do território brasileiro com uma grande quantidade de dinheiro em mãos.

Dicas para pagar menos IOF

Não tem jeito, não há como fugir do IOF quando falamos de uma viagem internacional, mas o que se pode fazer para diminuir os custos das suas férias ao máximo? Separamos abaixo algumas dicas para você, que vai levar dinheiro em espécie para a sua viagem!

  • compre a moeda de destino com antecedência e deixe para usar o cartão de crédito apenas em situações específicas;
  • se for levar mais de dez mil reais em moeda estrangeira para as suas férias, não esqueça de preencher a Declaração de Bens de Viajantes para não ter problemas com a fiscalização antes de sair do país;
  • fique de olho na cotação da moeda estrangeira no dia que fizer o câmbio, pois isso irá influenciar no valor do orçamento da sua viagem.

Pronto, com todas essas informações você não vai ter surpresas durante e depois de sua viagem! Preparada (o) para fazer a viagem do seus sonhos agora? Há outras dicas de como levar dinheiro para o exterior aqui no blog. Confira mais sobre o assunto e não esqueça de comentar o que achou do texto! Até a próxima!

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese