fbpx
Arquitetura de Marrakech
Essence

Nenhuma viagem ao norte da África pode ser completa sem visitar Marrakech, no Marrocos. Localizada no Deserto do Saara, a “cidade vermelha” de mil anos abriga uma Medina próspera, lojas incríveis e algumas das arquiteturas mais lindas do mundo. 

Marrakech também é famosa pelas belas riads (pousadas convertidas em casas de família) e boutiques espalhadas pelas ruas sinuosas de toda a cidade. 

Pronto para se apaixonar por Marrakech, uma das mais fascinantes cidades do Marrocos? Saiba as principais atrações, a melhor época para viajar e o que você precisa fazer para conhecer este local incrível!

Principais pontos turísticos de Marrakech

Muralhas da cidade

Muralhas feitas por Ali Ben Youssef
GettyImages

Encomendado por Ali Ben Youssef em 1126, as muralhas que cercam a Medina (cidade velha de Marrakech) se tornaram icônicas. Com cerca de 8 metros de altura, elas sempre protegeram os habitantes da região e, até o início do século 20, os 10 portões que dão acesso à Medina eram trancados todas as noites. 

Hoje, as muralhas são muito mais acolhedoras, virando um local de encontro e descanso para muitos moradores do local.

Jardins da Mesquita da Koutoubia

Jardins da Mesquita da Koutoubia
GettyImages

A Mesquita da Koutoubia é o monumento mais visitado de Marrakech. Situada a 77 metros de altura, a magnífica torre de minarete da mesquita domina o horizonte da cidade, sendo ponto de referência para turistas e moradores. 

Uma das melhores atrações do local são os Jardins da Koutoubia. Ao entrar no jardim pelo portão principal, é possível ver uma grande fonte e um caminho amplo em direção ao minarete, que se estende pelo céu marroquino. O efeito é encantador.

Praça de Jemaa el Fna

Praça de Jemaa el fna
GettyImages

A vasta praça aberta no coração da Medina é uma das maiores atrações de Marrakech, sendo patrimônio mundial da Unesco. Lá você verá encantadores de serpentes, artistas de rua e de henna muito entusiasmados a cada passo.

Túmulos da Dinastia Sadida

Túmulos saadianos em Marrakech
GettyImages

Os túmulos saadianos são uma série de sepulcros e mausoléus em Marrakech que abrigam os restos de importantes figuras da Dinastia Sadida, que governaram o Marrocos de 1549 a 1659. Logo após a queda da dinastia, os túmulos foram selados e ocultos, sendo redescobertos apenas em 1917.

Localizadas do lado de fora dos muros da Medina, perto da Mesquita de Koutoubia, as tumbas são hoje uma atração imperdível para visitantes de todo o mundo.

Palácio Bahia

Palácio Bahia em Marrakech
GettyImages

O Palácio Bahia é considerado um dos grandes palácios da cidade de Marrakech, Marrocos. Criado pelo ministro Ahmed bin Musa, no século XIX, para comemorar o nome de sua esposa, hoje é uma obra de arte que remonta ao esplendor da antiga arquitetura marroquina.

Melhor época para visitar o Marrocos

Os melhores meses para visitar Marrakech são entre março e maio e entre setembro e novembro. Essas estações do ano oferecem clima mais agradável e preços de hospedagem mais acessíveis. Evite conhecê-la no auge do verão, quando a média da temperatura máxima diária ultrapassa os 34°C. 

E lembre-se que feriados religiosos, como o Ramadã e o Natal, e feriados nacionais que seguem o calendário lunar podem afetar tudo, desde o transporte público, o horário das atrações e as tarifas de hospedagem.

Documentos necessários para fazer a viagem 

Para visitar Marrakech, no Marrocos, você precisa ter um passaporte válido por no mínimo seis meses após a data final da sua viagem. Brasileiros não precisam de visto para entrar como turistas e podem permanecer até 90 dias no país.

Tempo ideal para conhecer a cultura local

Com um bom plano de viagem que otimize tempo, é possível conhecer a cultura local do Marrocos em aproximadamente uma semana. Não esqueça que, além de Marrakech, o país reserva outras surpresas encantadores que você não pode deixar de fora do seu itinerário — como Chefchaouen, a chamada Cidade Azul.

Veja o melhor roteiro de Marrocos com Cidade Azul, incluindo Marrakech e a incrível Casa Blanca!

Pronto para embarcar nessa aventura? Conte sempre com Mala e Cuia, e até a próxima!

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese