fbpx
Maydan-e Shah, ou Naqsh E Jahan
Fonte: Mala e Cuia

Para visitar o Irã é importante ter em mente alguns cuidados específicos, principalmente por se tratar de uma cultura muito diferente. Por isso, hoje trouxemos dicas de viagem para o Irã, tudo pensado especialmente para que a sua viagem seja tranquila e especial. Olha só:

Visto

É preciso tirar o visto com a Embaixada do Irã (em Brasília) para poder visitar o país. A princípio, o processo é bem tranquilo e não precisa de comprovação de vacinação, mas como as normas sempre podem mudar ao longo dos anos, o ideal é que você ligue para a Embaixada do Irã para receber as orientações corretas sobre o processo para fazer o visto.

Melhor época para viajar

A melhor época para conhecer o Irã depende do que você procura: alta ou baixa temporada? Calor, frio ou um tempo agradável?

A alta temporada no Irã começa em março e termina em maio. Esse período apresenta um clima agradável no país, mas assim como qualquer destino em alta temporada, os preços sobem bastante. Não só isso, os pontos turísticos também ficam mais cheios, mas não chega perto de superlotar ou ser sufocante.

A baixa temporada costuma começar em novembro e vai até fevereiro. É um período ótimo para pessoas que gostam do frio, com neve, muita roupa e tudo mais. Você gosta de “invernão”? Pois é uma época muito boa para visitar o Irã, com poucos turistas no país e os preços bem mais baixos.

  • Dica extra 1: fique atento ao calendário do Irã, pois no início da primavera se comemora o Ano Novo Persa e tudo para na cidade (comércio, transporte, etc).
  • Dica extra 2: se você quer fugir do calor, evite a temporada entre os meses de junho a setembro, pois a temperatura média fica entre 35oC e 38oC.

Normas e costumes

Se você ouviu por aí que precisa se adequar às regras de vestimenta do Irã para visitar o país, saiba que é verdade mesmo. Porém, não é tão difícil quanto parece e vamos mostrar aqui quais são as normas básicas de vestimenta para visitar o Irã tranquilamente.

Para homens:

  • Não é permitido usar bermudas e regatas.

Para mulheres:

  • É necessário usar roupas mais largas e uma espécie de véu, que cobre o cabelo e é chamado de hijab;
  • Não é permitido o uso de shorts, bermudas, saias ou qualquer peça que deixa exposto alguma parte da perna (calças curtas ou rasgadas, por exemplo) e blusas transparentes, e que mostrem os ombros e o colo.

Além das vestimentas, o recomendado é que todos se comportem discretamente em contato com o sexo oposto.

Segurança

Com as notícias que a mídia transmite sobre atentados, bombas e tudo mais, há um medo geral que atinge os brasileiros quando alguém menciona a vontade de conhecer o Irã. Mas a verdade é que esse terrorismo exagerado não existe e os turistas que visitam o Irã se surpreendem com a segurança do país, que é maior do que temos nas ruas do Brasil.

Moeda

A moeda oficial do Irã é o rial iraniano, mas também dá para levar e usar dinheiro em dólar americano e euro. Cartão de débito e de crédito são raramente aceitos. Poucos estabelecimentos aceitam essa forma de pagamento.

Idioma

O idioma é algo que preocupa muitas pessoas que estão planejando viajar para fora do Brasil. No Irã, a língua oficial é o farsi, mas se você consegue se comunicar em inglês também pode ficar tranquilo. Por causa do turismo no país, o inglês começou a se tornar mais acessível por lá.

Como você percebeu, viajar para o Irã não é difícil se estas dicas forem seguidas. Para ter uma viagem com mais tranquilidade e conforto, sem se preocupar em falar o idioma e planejar roteiros, o ideal é a viagem em grupo. Nós, da Mala e Cuia, temos um pacote completo para conhecer o Irã em grande estilo e com muito conforto. Confira mais informações em nosso site e boa viagem!


Irã

Confira todos os detalhes do pacote
(valores, datas, hotéis, serviços, etc).


pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese